Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

Factoide tenta abafar escândalo de Madre Teresa de Calcutá e transformá-la em "santa"

RONALD REAGAN, QUE FINANCIAVA O GENOCÍDIO NA AMÉRICA CENTRAL E ORIENTE MÉDIO, ERA VISTO COMO "DEFENSOR DA PAZ" PELA "ILUMINADA" MADRE TERESA DE CALCUTÁ.

Um factoide atribuído a um caso brasileiro foi forjado para não só tentar abafar as denúncias escandalosas que envolveram a Madre Teresa de Calcutá como também liberar o caminho para sua "santificação", que a Igreja Católica define como canonização, a promoção artificial (feita por homens da Terra) de certos indivíduos já falecidos a uma presumida "pureza" e "perfeição espiritual".

Consta-se que um engenheiro então com 35 anos, mais tarde identificado como Marcílio Haddad Andrino, que morava em Santos, havia acabado de se casar com a mulher - com a qual vive hoje com dois filhos no Rio de Janeiro - e vivia uma lua-de-mel em Gramado, conhecida cidade gaúcha.

De repente ele teria se sentido mal. Foi atendido num hospital de Gramado e, constatado como "portador de hidrocefalia",…

"Você e a Paz" e o medo das pessoas em questionar ídolos religiosos

DIVALDO FRANCO ESPALHA A DETURPAÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA E AINDA ACUMULA TESOUROS NA TERRA.

É muito triste o que acontece no Brasil. Mesmo pessoas dotadas de algum raciocínio questionador ficam muito melindrosas diante de certas coisas, por causa de determinados estereótipos. E isso ocorre em vários setores da vida humana.

Na cultura, por exemplo, vemos o "funk carioca" que trabalha os estereótipos de pobreza que anestesiam a classe média. Um bando de intelectuais badalados aproveitou isso e veio com o papo de "ruptura do preconceito" para forçar a aceitação do ritmo carioca, enquanto este difunde nas classes populares valores dos mais retrógrados, ligados ao machismo, ao racismo, à burrice e a violência.

Poucos perceberam a "apologia à ignorância e à pobreza" que os sádicos empresários do "funk carioca", que financiavam esses etnógrafos de bosta, que devolviam mais dinheiro por causa da reputação do "funk" através de um discurso pseud…

A péssima dedicação do "espiritismo" brasileiro às Ciências

O "espiritismo" brasileiro se diz amigo da Ciência, defensor do Conhecimento e valorizador da inteligência, do raciocínio e do bom senso. Mas isso é apenas conversa para boi dormir. Por debaixo dos panos, vemos pregações igrejistas aqui e ali e a supremacia da fé "raciocinada", mas em verdade irracional, acaba sempre vencendo dentro da ideologia da doutrina brasileira.

A verdadeira Ciência, ou melhor, as verdadeiras Ciências, se percebermos as diversas correntes do ramo do Conhecimento, sofrem a cruel discriminação dada pelos "espíritas". Eles, com todo o discurso que os coloca como supostos arautos do pensamento científico, só admitem a Ciência quando ela não contraria os mitos e fantasias trazidos pela fé religiosa.

Gabam-se os "espíritas" de sua suposta postura anti-medieval, porque a retórica do "movimento espírita" sempre tenta nos fazer crer que a doutrina brasileira capitaneada pela Federação "Espírita" Brasileira mas…

O moralismo cruel dos "espíritas"

"ESPÍRITAS" COSTUMAM VER NESSES COITADOS ANTIGOS TIRANOS "PAGANDO PELO QUE FIZERAM".

O "movimento espírita" tem uma moral estranha. Ele defende a Teologia do Sofrimento, que defende os infortúnios pesados como forma de "evolução social" dos indivíduos, e no seu juízo de valor, supõe encarnações anteriores das quais consideram as vítimas de hoje "culpadas" de supostas faltas passadas.

É um moralismo que corresponde à maior herança que Jean-Baptiste Roustaing, o advogado que produziu o duvidoso livro Os Quatro Evangelhos - que ele jura ter sido obtido de espíritos dos antigos evangelistas - , deixou no "movimento espírita", que hoje renega qualquer associação ao roustanguismo em prol de uma pretensa e hipócrita "fidelidade a Allan Kardec".

A "moral espírita" consiste em dizer que, se a pessoa sofre demais, ela "responde" por faltas passadas. Só que essa visão, de um descarado juízo de valor, é hipó…

"Espíritas" brasileiros se tornam vítimas dos próprios erros

O "ESPIRITISMO" É DOUTRINARIAMENTE MAIS PRÓXIMO DO CATOLICISMO FUNDADO PELO IMPERADOR ROMANO CONSTANTINO.

A crise na qual passa o "espiritismo" brasileiro é de conhecimento de seus líderes e palestrantes, que, agora, reagem como se eles fossem o exemplo de coerência e de bom senso, mesmo quando são eles mesmos que apresentam as mais aberrantes contradições em relação à doutrina de Allan Kardec.

Vemos muitos "cavaleiros da esperança", como são conhecidos os líderes "espíritas" que prometem consolar os infelizes com suas palestras sempre cheias de belas palavras. Divaldo Franco, José Medrado, Richard Simonetti, Orson Peter Carrara, Geraldo Lemos Neto, e, in memoriam, Lino Curti e o próprio Francisco Cândido Xavier, aparecem todos jurando fidelidade total ao professor francês.

No entanto, eles são os que mais contribuem para manter a deturpação da Doutrina Espírita. Eles é que tudo fazem para manter a doutrina mais próxima do Catolicismo medieval i…

"Espiritismo" vê a vida futura de forma materialista

O "espiritismo" brasileiro é espiritualista? Não. Ele é materialista. Pode parecer estranho para muita gente, mas se fizermos um exame bastante cuidadoso e atento, livrando-nos do fardo da complacência e da submissão a mitos, totens e dogmas, veremos que essa "estranha" e "inconcebível" constatação é de uma verdade contundente.

A influência do moralismo do Catolicismo medieval português, das práticas ocultistas e esotéricas que dissimulam todo o desconhecimento de mediunidade rigorosamente analisado por Allan Kardec faz os "espíritas" se apoiarem em visões materialistas, como a forma como supõem ser a "vida futura" no além-túmulo.

Daí a desculpa que eles fazem quanto aos sofrimentos humanos. O "espiritismo" não tem ideia de como a vida material é complexa e que as pessoas têm projetos de vida diferenciados, nem todo mundo aceita viver qualquer coisa, qualquer infortúnio, qualquer experiência medíocre, a título de "deixa…

Como se faz a ideologia da "caridade"?

Muitos ficam chocados quando se contestam totens associados à ideia consagrada de caridade e filantropia. Curiosamente, a gente vê o lado real dessas pessoas "tão bondosas": em maioria, elas reagem como egoístas, raivosas e rancorosas que ainda são, presos nas suas zonas-de-conforto da fé deslumbrada e do fanatismo religioso.

Ao divulgar que Francisco Cândido Xavier e Divaldo Franco fizeram muito pouco pelo próximo, portanto, muito menos que suas consagradas imagens sugerem, muita gente fica chocada e reage com fúria, irritada e deprimida, tomada dos piores sentimentos. Afinal, que energias elevadas eles julgam ter? Eles não conseguem ser bons e evoluídos por conta própria.

O que está em jogo é que muitas pessoas se aprisionam a uma ideia formal de caridade, solidariedade, fraternidade e amor ao próximo. São apenas ideias materialistas de humildade, estereótipos de desapego, abnegação, resignação e doação que se prendem aos clichês moralistas relativos à caridade.

Mesmo a i…

Filantropia de Chico Xavier não passou de jogada marqueteira da Rede Globo

Sabe-se que Francisco Cândido Xavier tem uma trajetória muito mais cheia de confusões e escândalos do que qualquer esboço de coerência e consistência. Só que ele é adorado, até de maneira ferrenha e fundamentalista, porque ele é "bonzinho".

As pessoas falam tanto na sua "bondade e humildade", elas que não conseguem ser boas e humildes por conta própria. Além do mais, que bondade Chico Xavier realmente fez? As "afirmações" são muito vagas, superficiais e subjetivas, não têm qualquer tipo de embasamento.

O que poucos se lembram é que a "bondade e humildade" de Chico Xavier não passa de um truque publicitário montado pela Rede Globo de Televisão, à semelhança do que o jornalista britânico Malcolm Muggeridge, da BBC, fez com Madre Teresa de Calcutá, no documentário Algo Bonito para Deus (Something Beautiful for God), de 1969.

MALCOLM MUGGERIDGE "INVENTOU" O MITO "FILANTRÓPICO" DE MADRE TERESA.

A Madre Teresa, na verdade a freira …

Curto e grosso: Erasto reprovaria Chico Xavier

CHICO XAVIER SERIA REPROVADO, SEM RECUPERAÇÃO, PELO ESPIRITISMO AUTÊNTICO. E SEM ESSE PAPO DE SER BONZINHO.

Alguns ideólogos "espíritas", desesperados com as críticas que receberam, assustados com a crise que seu movimento sofre nos últimos anos, a pior desde que a corrente roustanguista - ligada a Jean-Baptiste Roustaing, o primeiro deturpador da Doutrina Espírita - , sofreu sua grave crise no Brasil e deu origem à atual corrente dúbia, agora tentam apelar.

Eles tendenciosamente usurpam o pensamento de Erasto, o espírito do antigo discípulo de Paulo de Tarso que havia divulgado seu aviso enérgico através de um discreto médium, conhecido apenas pelo nome de Sr. d'Ambel, discreto membro da Sociedade Espírita de Paris.

Tentam deturpar o sentido do aviso de Erasto para acobertar as mistificações que o "movimento espírita" sofre e se esforçam em manter de pé o abalado mito de Francisco Cândido Xavier, um dos maiores charlatães e traidores do pensamento espírita no …

Quem é que deixou Eduardo Cunha ser eleito?

Quem é que deixou Eduardo Cunha ser eleito? A prepotência descomunal e o senso de astúcia e oportunismo do presidente da Câmara dos Deputados, seu apetite por corrupção e sua arrogância em desmenti-la e ameaçar as pessoas mostra o quanto ele é um perigo para o país.

E quem elegeu Eduardo Cunha? Boa parte dos cariocas. Já dá para perceber que o Rio de Janeiro, que sofre uma infinidade de retrocessos, contribuiu muito para a chegada ao poder de uma figura dessas, um ex-chefão da Telerj que, como político, era um dos mais medíocres do Estado.

Até ser escolhido presidente da casa legislativa, Cunha era um político inexpressivo. Como vários do PMDB carioca que se promovem causando estragos na Segurança, no Transporte e na Economia, sem dar Educação que preste, sem garantir moradia digna para a população e fazendo pouco e comemorando demais para isso.

Só para se ter uma ideia, outro Eduardo, o Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro tão autoritário quanto seu xará, mas com a diferença de …

O Brasil e as questões mal-resolvidas da mulher com o machismo

CLÁUDIA CRUZ E SOLANGE GOMES - Duas maneiras de lidar com o machismo.

O Brasil está na vanguarda mundial? Não. Sua idade histórica de 515 anos não permite que nosso país esteja na dianteira do concerto das nações. Ele é o mais desafinado e demonstra incapaz de perceber questões e dilemas que os estrangeiros tiram logo de letra.

Eles desmascararam Madre Teresa de Calcutá de forma bem menos temerosa e traumática, mesmo quando seu mito parecia verossímil e arraigado a estigmas e paradigmas tradicionais da "boa velhinha". E no Brasil, um mito bem mais confuso e desastrado - e ainda por cima, com o escancarado lobby da Rede Globo - como o de Francisco Cândido Xavier, é difícil de ser desmascarado.

Aqui é o país em que os valores de vanguarda só encontram valor quando são deturpados, mesclados com princípios e práticas conservadores e se consolidam sem sequer metade de sua essência original. De repente, muitos dos "novos valores" que valem no nosso país não passam de uma…