Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

O idiota "espírita"

O IDIOTA "ESPÍRITA" QUE QUER QUE CHICO XAVIER PENSE COMO GOSTARIA QUE FOSSE.

Diante das revelações de posturas reacionárias adotadas pelo "espiritismo" brasileiro, principalmente de parte de Francisco Cândido Xavier e Divaldo Pereira Franco, as forças progressistas reagiram de forma surreal e complacente.

Desde que Divaldo Franco se envolveu no caso da "farinata" do João Dória Jr., algo absurdo aconteceu na imprensa em geral, mesmo a de esquerda. Divaldo simplesmente "desapareceu" do escândalo da "farinata", e o nome do Você e a Paz foi apenas raramente mencionado, e, mesmo assim, sem citar o nome do "médium espírita" mais badalado da atualidade.

Isso é um grande absurdo. Para começar, o Você e a Paz é Divaldo Franco. Ele aparece nos cartazes do evento, é seu idealizador e é a primeira, se não a única, pessoa a ser entrevistada em nome do encontro. Mas, de repente, quando a "farinata" foi divulgada, apesar de todos …

Valeu esquerdas! Foram apoiar os "médiuns espíritas" e Lula foi condenado!

JOÃO PEDRO GEBRAN NETO, UM DOS DESEMBARGADORES DO TRF-4 QUE JULGARAM LULA NO CASO DO TRIPLEX DO GUARUJÁ.

Valeu, esquerdas, pela complacência aos "médiuns espíritas"! Foram endeusar "médiuns" que defendiam a ditadura ou apoiavam figuras decadentes como João Dória Jr., achando que isso era mera coincidência, e, acreditando que Francisco Cândido Xavier irá descer na Terra e salvar Lula e carregá-lo no colo do espírito do "médium" mineiro que voará feito um pássaro para deixar o petista no Planalto, encerraram a quarta-feira cinzenta de 24 de janeiro vendo-o condenado.

Foi o dia do julgamento do ex-presidente por causa de uma acusação infundada: Lula era acusado de receber de presente de empreiteiros da OAS um apartamento no edifício Solaris, que nem é tão luxuoso assim e se situa na orla do Guarujá, cidade do litoral paulista.

O juiz Sérgio Moro, que conduz a duvidosa Operação Lava Jato - processo que, sob o pretexto de agilidade jurídica e combate à corrupç…

A doentia nostalgia da sociedade conservadora no Brasil

HÁ BRASILEIROS QUE QUEREM VOLTAR PARA 1974.

Algo muito preocupante está ocorrendo no Brasil. A retomada ultraconservadora, um fenômeno inesperado até 2013, apesar dessa tendência estar latente no país desde a década de 1990, está voltando a todo vapor, que muitas pessoas querem a volta dos padrões brasileiros de, pelo menos, 1974, na melhor das hipóteses, pois, na pior delas, querem a volta ao século XVIII.

Os "heróis" da sociedade brasileira variam entre ídolos cafonas, generais, personalidades da mídia conservadora, torturadores ou antigos políticos civis da ditadura militar, velhos tecnocratas do transporte e até velhos feminicidas doentes (mas que todos acreditam continuarem "saudáveis como touros").

É um Brasil velho e com cheiro de mofo que no entanto muitos não aceitam que tenha acabado ou possa acabar e querem retroceder o calendário na marra, apenas aceitando pequenas diferenças de contexto (como as redes sociais da Internet).

Até mesmo ídolos cafonas são,…

URGENTE! Divaldo Franco NÃO psicografou coisa alguma em toda sua vida!

Estamos diante da grande farsa que se tornou o Espiritismo no Brasil, empastelado pelos deturpadores brasileiros que cometeram traições graves ao trabalhoso legado de Allan Kardec, que suou muito para trazer para o mundo novos conhecimentos que, manipulados por espertos usurpadores, se reduziram a uma bagunça, a um engodo que mistura valores místicos, moralismo conservador e muitas e muitas mentiras e safadezas.

É doloroso dizer isso, mas os fatos confirmam. Vemos um falso Humberto de Campos, suposto espírito que "voltou" pelos livros de Francisco Cândido Xavier de forma bem diferente do autor original, mais parecendo um sacerdote medieval metido a evangelista do que um membro da Academia Brasileira de Letras.

Poucos conseguem admitir que essa usurpação, que custou um processo judicial que a seletividade de nossa Justiça, que sempre absolve os privilegiados da grana, do poder ou da fé, encerrou na impunidade a Chico Xavier e à FEB, se deu porque o "médium" mineiro…

"Espiritismo" brasileiro pode até infectar computadores

Nós, críticos da deturpação do Espiritismo, recebemos várias queixas de pessoas que sofrem azar de todo tipo, depois que entraram em contato com uma atividade "espírita" ou uma obra do gênero. Pessoas que, de repente, passaram a ser visadas por assaltantes e até cyberbullies, perdem pessoas queridas em tragédias surgidas do nada e passam a ser atraídas por pessoas indesejáveis, que em condições naturais não sofreriam esse processo.

Mas outras queixas chamam a atenção, quando pessoas que visitam páginas "espíritas" para alguma consulta inocente. Dias depois, essas pessoas, por uma outra inocente consulta numa página da Internet, mesmo sem qualquer leviandade e, constantemente, para estudo e obtenção de informações, esbarra numa página infectada com vírus, malware ou spyware.

Outras pessoas acham um absurdo atribuir ao "espiritismo" brasileiro energias vibratórias bastante negativas, porque acreditam que ele é a "religião do amor e da fraternidade&quo…

"Espiritismo", "funk" e a glamourização da pobreza

O QUE VALESCA POPOZUDA E CHICO XAVIER TÊM EM COMUM? A ASSOCIAÇÃO COM A IMAGEM ADOCICADA DAS CLASSES POPULARES.

O que o "funk" e o "espiritismo" brasileiro têm em comum? Além de uma fachada falsamente progressista, que seduz setores das esquerdas político-culturais, apesar de ambos serem blindados pelas Organizações Globo, elas também apostam numa imagem glamourizada da pobreza, abordando as classes populares sob uma imagem adocicada e domesticada.

Ambos se servem de uma imagem aparentemente positiva das classes populares, e trabalham visões equivocadas relacionadas à cidadania e ao ativismo social. E tanto o "funk" quanto o "espiritismo" vendem uma imagem falsamente futurista, quando eles na verdade trabalham para regredir a sociedade brasileira para níveis sociais equiparados ao século XIX.

O "funk", por exemplo, luta para nivelar a sociedade do Estado do Rio de Janeiro e, daí, para o resto do Brasil, para os padrões de comunidades po…