Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

O fanatismo e o apego doentio a... ônibus padronizados!!!!

EM SÃO PAULO, OS ÔNIBUS IGUAIZINHOS QUE DESAFIAM A ATENÇÃO DOS PASSAGEIROS NA HORA DE IR E VIR.

O Brasil tem coisas bastante surreais, posturas atrasadas, obsoletas, decadentes, ultrapassadas, mas que prevalecem na marra por conta de ginásticas intelectuais vindas de gente tentando argumentar o ilógico e falando até em juridiquês para reforçar suas teses delirantes.

Uma delas é a insanidade que prefeituras ou governos estaduais fazem com os sistemas de ônibus, nos quais diferentes empresas de ônibus têm que apresentar uma mesma pintura, relativa a critérios que variam de consórcios, zonas de bairros, tipos de ônibus etc.

Essa loucura veio da ditadura militar e foi imposta na marra pelo prefeito Eduardo Paes, no Rio de Janeiro, passando por cima das leis, atropelando até mesmo o Código de Defesa do Consumidor e promovendo um voto parlamentar às escuras para aprovar a medida. Resultado: a pintura padronizada virou uma lona para o circo da farra político-empresarial na qual um dos empres…

"Espiritismo" é a religião da Rede Globo? Tudo indica que sim

O "MÉDIUM" JOÃO DE DEUS, DE ABADIÂNIA, GOIÁS - IDOLATRIA FEITA NOS PADRÕES DA REDE GLOBO.

Atores, celebridades e apresentadores de TV, sobretudo da Rede Globo de Televisão, recentemente frequentam o "centro espírita" de Abadiânia, Goiás, a Casa Dom Inácio de Loyola, para visitar o maior astro do lugar, o "médium" João Teixeira de Faria, o João de Deus.

O clima de devoção, mesclado a coberturas sensacionalistas de TV, dá o tom do igrejismo e da vaticanização que domina o lugar, a ponto de analistas sérios nunca identificarem um vestígio de Espiritismo autêntico em estabelecimentos religiosos desse tipo.

Nota-se um claro ranço católico que cerca os chamados "médiuns brasileiros". A Rede Globo, desde que Roberto Marinho passou a gostar de Francisco Cândido Xavier, encampou o "espiritismo" como sua religião oficial, algo que poderia ser um alerta, se nos basearmos nos conselhos de Leonel Brizola de que é preciso interpretar de forma oposta…

Mídia brasileira continua depreciando a mulher solteira

A mídia do entretenimento brasileira é famosa por glamourizar preconceitos sociais. Pobres, negros, mulheres, crianças, quem não representar o paradigma do macho, mais velho, branco, rico e poderoso acaba sendo manipulado pela mídia de forma que, em certos casos, abordagens pejorativas sejam promovidas como se fossem "qualidades positivas".

A mulher solteira é também vítima dessa manipulação midiática, comandada pela Rede Globo mas exercida também por suas concorrentes. E mais uma vez a apelação atinge as solteiras através da música "Tô Solteira de Novo", "continuação" do antigo sucesso da funkeira Valesca Popozuda, intitulado "Agora Eu Tô Solteira".

Alguém em sã consciência vai parar para pensar e constatar que uma solteira de verdade não se preocuparia em fazer "músicas de solteira". Isso não existe. No Primeiro Mundo, a mulher que se considera "solteira e feliz" não fica alardeando isso, ela fica falando de outros assunto…