Pular para o conteúdo principal

Postagens

Chico Xavier, o perigoso pé-frio para as forças progressistas

Recentemente, o jornalista Ricardo Kotscho, colunista do portal R7 e figura de esquerda, escreveu um texto manifestando "muitas saudades" por Francisco Cândido Xavier. Recorrendo a um estranho texto chamado "O Silêncio" - lembremos que Chico Xavier defendia que os oprimidos aguentassem calados as adversidades da vida, uma pauta reacionária, embora tida como "progressista" por conta de palavras bonitinhas - , Kotscho acabou atraindo o azar para si.

A Record, responsável pelo portal R7 e propriedade do "bispo" da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, adotou, depois, uma postura simpática a Jair Bolsonaro. A Record, do contrário que o "movimento espírita", chegou a ser aliada, ainda que condicional, dos dois governos do ex-presidente Lula, mas passou para a oposição no segundo governo da presidenta Dilma Rousseff, defendendo o impeachment.

Com isso, Ricardo Kotscho foi demitido do portal, e passou a contribuir para outras fonte…
Postagens recentes

Se Chico Xavier fosse progressista, não haveria a ascensão de Jair Bolsonaro

É um dever questionarmos, até com certa severidade, o mito de Francisco Cândido Xavier. Questionar sem ódio, mas também sem medo, sem relativismos e sem complacências, com o rigor de quem não mede palavras para identificar erros, quando estes são muito graves.

Vale lembrar que esse apelo de questionar rigorosamente Chico Xavier não vem de evangélico alucinado nem de qualquer moleque intolerante da Internet - até porque o dito "espiritismo" brasileiro é uma das religiões não só toleradas no país, mas também blindadas pelas classes dominantes que adoram essa "filantropia de fachada" que traz mais adoração ao "médium" do que resultados sociais concretos - , mas da própria obra espírita original.

É só ler Erasto, que recomendava rigor no repúdio e no combate aos deturpadores dos ensinamentos espíritas. E mais: ele lembrava que eventualmente os maus espíritos (ou, no contexto brasileiro, os maus médiuns) trazem "coisas boas" (as ditas "mensagen…

Imagem adocicada de Chico Xavier é pura ficção

GOSTA DE MADRE TERESA DE CALCUTÁ E CHICO XAVIER? POIS SUAS IMAGENS "BONDOSAS" FORAM UM DISCURSO BEM MONTADO PELO INGLÊS MALCOLM MUGGERIDGE.

No Brasil cheio de surrealidades, temos o risco de um voto popular eleger um político fascista cujo projeto governamental será o de cortar direitos sagrados do povo brasileiro. Enquanto isso, o maior símbolo de bondade humana é associado a um arrivista que começou fazendo livros fake, atribuídos a autores mortos, e que, deturpando os ensinamentos originais do Espiritismo francês, é tido como "discípulo e herdeiro" do legado de Allan Kardec.

A imagem que predomina do referido sujeito, Francisco Cândido Xavier, conhecido como Chico Xavier, é uma imagem muito idealizada, adocicada, tão fantasiosa que o "médium" é tratado como se fosse um cruzamento das fadas-madrinhas de estórias infantis com o poder de um Super-Homem. E, o que é pior, há um esforço hercúleo para proteger a fantasia das duras revelações da realidade.

Chi…

Provas do reacionarismo de Chico Xavier

DE BELEZA MUITO ATRAENTE, REGINA DUARTE É HOJE RECONHECIDA COMO REACIONÁRIA. E NÃO HÁ A FAVOR DELA O PENSAMENTO DESEJOSO QUE BLINDA CHICO XAVIER.

Diante dos problemas que se observa relacionados ao fenômeno Jair Bolsonaro, que se ascendeu a partir da propagação de fake news, temos que sair questionando o "médium" Francisco Cândido Xavier, cuja imagem adocicada e idealizada, motivada pela fascinação obsessiva que submete muitos à adoração cega a ele.

Chico Xavier foi uma figura reacionária até o fim. Ele defendia ideias retrógradas, só teve o artifício de usar palavras bastante cautelosas e atraentes. Seus artifícios o fizeram parecer "progressista" até se ele fosse defender valores análogos às reformas trabalhistas.

Setores das esquerdas sentem uma fascinação perigosa por Chico Xavier, ignorando que ele era uma pessoa conservadora. Que ridículo não cairiam os esquerdistas se, ao adorarem Chico Xavier, porque ele pouco se importaria, por exemplo, se o empregado foss…

O cinismo de Chico Xavier em mensagem 'fake' de Humberto de Campos

USANDO PALAVRAS PRETENSAMENTE BONITAS, CHICO XAVIER QUERIA ABAFAR O CASO HUMBERTO DE CAMPOS PEDINDO PARA ESQUECER QUESTÕES DE IDENTIDADE AUTORAL.

Francisco Cândido Xavier agiu em profundo desrespeito e desprezo total à individualidade humana. Nós somos seres racionais, mas somos convidados a raciocinar não com o cérebro, mas com o coração e, nos momentos mais difíceis, com o fígado. Tudo isso é feito com um verdadeiro balé de palavras bonitas, mas elas demonstram não a sabedoria que muitos acreditam, mas a leviandade e a hipocrisia que muitos se recusam a admitir.

Como um falso sábio, o arrivista Chico Xavier queria os aplausos da terra. Fingia humildade, e botava palavras bonitas para disfarçar pontos de vista cruelmente reacionários. Quando não dava para esconder, botava na conta de autores mortos, tanto para se livrar de ser acusado de posturas incômodas, quanto para tornar algumas opiniões, de caráter ultraconservador, "menos pessoais".

No final do julgamento do caso do …

O pensamento desejoso das esquerdas que ainda se apegam a Chico Xavier

É muito difícil se desfazer de um brinquedo, apesar de tantos conselhos e advertências. Há muita desculpa para sustentar a teimosia, além de choros e uma certa agressividade. E é isso que se observa em muita gente que se apega, de maneira doentia, aos chamados "médiuns espíritas", principalmente se for o principal deles, Francisco Cândido Xavier.

As esquerdas sentem complacência por ele, influenciadas por uma imagem "agradável" que envolve clichês de "bondade humana" dos mais diversos. Só que essa imagem é idealizada, adocicada, e nem de longe corresponde à imagem do reacionário ranzinza que se revelou no programa Pinga Fogo, da TV Tupi, de 1971.

A imagem apresenta aspectos fantasiosos, estimulando uma emotividade exagerada e cega, transformando Chico Xavier num ídolo religioso ao qual se presta adoração extrema, mas também mórbida e submissa, da qual não se motiva por razões lógicas, mas pelo subjetivismo igrejeiro das velhas beatitudes, frutos do apego…

Se quiserem salvar o Brasil, esquerdas terão que ROMPER com Chico Xavier

O que faz as esquerdas fracassarem é que elas cultuam os mesmos "heróis" da direita. A educação social é conservadora e muitos ideólogos e palestrantes de esquerda, de uma forma ou de outra, sofreram a influência da mídia hegemônica, sobretudo durante a ditadura militar.

As esquerdas são um fenômeno nascente no Brasil. Tem menos de cem anos de existência, e pouco mais de 15 anos de algum crescimento político. Só que seus erros, não raro bastante preocupantes e tolos, se devem por posturas adotadas que parecem, nas paixões do momento, causas nobres, mas depois são identificadas como perigosas armadilhas contra as forças progressistas que a elas aderiram.

Hoje o grande problema que se observa em setores das esquerdas é um apego doentio a uma figura bastante conservadora que foi Francisco Cândido Xavier. Movidas por paixões religiosas que fazem as esquerdas se renderem a Chico Xavier seduzidos pela fascinação obsessiva que domina muitos de seus seguidores e apoiadores, elas se…